Nas Bancas

Imagens do naufrágio do Costa Concórdia

Manobra arriscada para saudar população pode ter estado na origem do naufrágio. O comandante do navio foi detido com as acusações de homicídio múltiplo, naufrágio e abandono de navio.

Redação CARAS
16 de janeiro de 2012, 01:00

Pelo menos cinco pessoas morreram e várias outras estão desaparecidas na sequência da evacuação do navio de cruzeiro Costa Concórdia, com mais de quatro mil ocupantes, que encalhou num banco de areia junto à ilha de Giglio, no sul da Toscânia. Uma manobra arriscada para saudar a população terá estado na origem do desastre.

O Ministério Público de Grossetto deteve de imediato o comandante do navio, Francesco Schettino, que foi entretanto detido com as acusações de homicídio múltiplo, naufrágio e abandono de navio. Horas antes, o comandante tinha afirmado a um canal de televisão italiano que o navio tinha embatido numa rocha que não figurava nas cartas de navegação.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras