Nas Bancas

0.jpg

2017.01.11

Rita Ferro Rodrigues emocionada no adeus a Mário Soares

Fui aos Prazeres dizer -lhe adeus e dizer-lhe obrigada

“Hoje despedi-me do Mário Soares.
Tenho 40 anos.
Fui aos Prazeres dizer-lhe adeus e dizer -lhe obrigada e quando, no meio da ventania se ouviu a sua voz gravada, um braço meu enlaçava a minha filha Leonor, o outro a sua irmã Maria e nos rostos adolescentes de ambas, as primeiras lágrimas lentas.
Uma tem 14, outra 16.
Conhecem a história do país onde vivem.
Vi amigos de esquerda e de Direita de olhos fixos na urna, mudos e gratos.
Democratas, todos. Pessoas como Soares, com virtudes e defeitos, vergando -se perante a memória de alguém que esteve sempre do inequívoco lado da Liberdade.
Vi homens fardados bater a continência a chorar.
E mulheres de avental a gritar ‘Soares é fixe, o resto que se lixe’. Ouvi a Isabel e o João – e lembrei-me que todos somos crianças perante a morte dos nossos colos.
Depois a ventania passou e regressámos a casa.
Eu, a Leonor e a Maria. E o Bochechas, claro.
Porque há despedidas que são o início de um caminho. E conseguir em vida (e na morte) inspirar caminhadas de outros, é só para os maiores e os mais fixes”
, escreveu Rita Ferro Rodrigues no Facebook.

Rita Ferro Rodrigues

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras