Nas Bancas

0.jpg

DR

2017.01.07

Daniel Oliveira comenta morte de Mário Soares

Não é consensual, como não o é nenhuma pessoa que decide, mas independentemente do que dele diverjamos, podermos fazê-lo abertamente também a ele lhe devemos.

"Entrevistei Mário Soares em 2007 por altura do 25 de Abril, para o Só Visto!, da RTP. O Nuno Santos convenceu-o que apesar do interlocutor não ser o Daniel Oliveira que ele conhecia, valia a pena a deslocação a um estúdio, onde também estariam algumas crianças que o questionariam sobre a Revolução, sem que ele, todavia, não deixasse de me sussurrar que aquelas perguntas com certeza que vinham dos pais! Foi durante todo o tempo de uma grande gentileza, apesar de ter advertido para o facto de o entrevistador não usar gravata. Foi uma conversa que extravasou o âmbito que a viabilizara e percorreu toda uma vida pessoal, pública e política a todos os níveis assinalável e relevante na história do país! Não é consensual, como não o é nenhuma pessoa que decide, mas independentemente do que dele diverjamos, podermos fazê-lo abertamente também a ele lhe devemos. Na altura, como agora, fi-lo credor do meu obrigado", escreveu o apresentador Daniel Oliveira no Facebook, na legenda de uma fotografia onde aparece ao lado do antigo chefe de Estado.

Daniel Oliveira

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras