Nas Bancas

0.jpg

DR

2016.08.17

Rui Costa escreve carta aberta a Fernando Pimenta

Aqui fica o meu abraço, tão orgulhoso como se tivesses sido Campeão Olímpico.

Fernando Pimenta terminou em quinto lugar na final de K1-1000 metros na canoagem olímpica do Rio de Janeiro, uma corrida que lhe parecia destinada, e não escondeu a sua tristeza por ter perdido o pódio “devido a fatores externos”, nomeadamente as folhas das árvores na sua pista, que caíram do abundante arvoredo que rodeia a lagoa Rodrigo de Freitas. “Tudo o que podia controlar estava controlado”, desabafou no final da prova, visivelmente dececionado com o resultado.
Nas redes sociais, o ciclista Rui Costa fez questão de deixar uma emotiva mensagem de ânimo ao canoísta: “Amigo, acabei de te ver na TV com a voz embargada. Partiu-me o coração. Se tivesses ganho a medalha, provavelmente eu não te ia escrever nada (pelo menos hoje). Mas é nestes momentos que mais precisamos de uma palavra de carinho de um amigo e eu não podia faltar. Aqui fica o meu abraço, tão orgulhoso como se tivesses sido Campeão Olímpico. Sinto a tua mágoa como se fosse minha. Como eu te entendo... tanto trabalho, tanta luta, tanta dedicação, para no final receber um resultado que não era nosso e que não se merecia. Dói! Custa saber que se podia ir mais além, mas que motivos alheios nos impediram de lá chegar. Não te posso pedir que não fiques triste, mas peço que te animes … e depressa! Todos nós sabemos o atleta que és. Pensa que um dia, uma prova, não podem definir o teu valor. Para mim, continuas a ser o melhor do mundo! Um forte e sentido abraço deste teu amigo, Rui Costa”.

Rui Costa

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras