Nas Bancas

2016.03.18

Rita Ferro Rodrigues recorda Nicolau Breyner

O Nicolau Breyner de todos nós, cheio de vida, cheio da nossa vida, morreu

“O Nicolau morreu. Acho que só depois de ter visto este vídeo do Fernando Mendes (o melhor de todos nós) me caiu a ficha. Eu cresci a ver a cumplicidade e a amizade destes dois. Os ataques de riso, os abraços, o improviso, os silêncios partilhados. Quando digo que o Fernando é o melhor de todos nós, é porque é mesmo. Vive apenas das audiências. Do valor que o povo lhe dá. Da avaliação diária dos espectadores. Vive de quem realmente manda na televisão. O Fernando não faz parte dos circuitos da moda e não frequenta o ‘lobby do croquete’. É ele próprio, a sua graça, o seu talento, a sua alegria, a sua imensa tristeza (quando assim tem de ser). A sua verdade. Eu só ‘percebi’ que o Nicolau tinha morrido mesmo, através do Fernando. Mil pessoas falaram. Mas eu só acreditei no Mendes. O Nicolau Breyner de todos nós, cheio de vida, cheio da nossa vida, morreu. Como é possível, não sei. Não sei mesmo”, escreveu Rita Ferro Rodrigues no Facebook, onde também partilhou um vídeo de homenagem ao ator exibido no programa Preço Certo, da RTP, apresentado por Fernando Mendes.
Nicolau Breyner morreu no passado dia 14 de março, vítima de ataque cardíaco. Tinha 75 anos.

Rita Ferro Rodrigues

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras