Nas Bancas

0.jpg

DR

2016.03.15

Nicolau Breyner lembrado por Joana Solnado

Tiveste uma vida cheia, és um Homem incrível e trabalhar contigo fez-me crescer e rir muito

“Oh Nico, porra! Desde miúda que me amassas as bochechas e perguntas quando é que vou cantar. Hei-de cantar, nem que seja para que ouças daí. As saudades vão bater. Por agora o choque toma conta de mim. Tiveste uma vida cheia, és um Homem incrível e trabalhar contigo fez-me crescer e rir muito. ‘Tenho puré no passaporte’ dizias-me tu a caminho do Brasil para gravar o Equador. Disseste que ainda farias um filme com esse nome, a tua criatividade não tinha limites. Nesse ano, disseste também que foi o melhor aniversário da tua vida aquele que passamos em Cachoeira à beira de uma enorme mesa de gente boa a comer, beber e dançar. É assim que me lembro de ti, feliz, a rir sempre, com tudo. É assim que mereces ser lembrado. Um génio em todos os sentidos da vida. Avô, recebe-o aí no mundo invisível. Vão fazer uma festança de dar inveja aos visíveis. Um beijo desta ‘miúda’ que te agradece cada pedaço de vida junto. Luz”, escreveu Joana Solnado, atualmente a viver no Brasil, no Facebook.

Joana Solnado

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras