Nas Bancas

0.jpg

D.R.

2015.09.04

Catarina Furtado comenta drama dos refugiados sírios

Esta gigante e assustadora crise dos migrantes e refugiados que vêm para a Europa, à procura de uma vida melhor, diz respeito a todos nós.

“Por esta altura, o mais certo, é que já tenham visto a fotografia do menino de três anos que deu à costa, morto, numa praia da Turquia. Apesar de dar por mim a pensar o que nunca antes pensei (numa altura como a que estamos a viver, as imagens chocantes, que exibem a dor dos outros, devem ser mostradas para acordar a humanidade e exigirem acção e união!) prefiro mostrar-vos uma fotografia anterior da mesma criança feliz, ao lado do seu irmão mais velho.
Esta gigante e assustadora crise dos migrantes e refugiados que vêm para a Europa, à procura de uma vida melhor, diz respeito a todos nós. Estamos perante uma realidade que pode ser EVITÁVEL, se as peças que ditam os direitos humanos se encaixarem. Se um esforço conjunto for feito nesse sentido. São aos milhares, crianças, jovens, mulheres e homens, pessoas como nós! As imagens que estão a fazer as capas de quase todos os jornais espalhados pelo mundo, têm de provocar algo menos passageiro do que um valente murro no estômago! O jornal Observador tem estado a fornecer um guia para todos aqueles que queiram apoiar os refugiados”
, escreveu a apresentadora Catarina Furtado no Facebook.

Catarina Furtado

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras