Nas Bancas

0.jpg

D.R.

2015.09.01

Catarina Furtado rendida ao Douro

Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso da natureza

"Miguel Torga descreveu o Douro como ninguém e eu subscrevo em absoluto: 'O Doiro sublimado. O prodígio de uma paisagem que deixa de o ser à força de se desmedir. Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso da natureza. Socalcos que são passadas de homens titânicos a subir as encostas, volumes, cores e modulações que nenhum escultor, pintor ou músico podem traduzir, horizontes dilatados para além dos limiares plausíveis da visão. (…) Um poema geológico. A beleza absoluta'", escreveu a apresentadora no Facebook.

Catarina Furtado

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras