Nas Bancas

2015.02.27

Cinha Jardim escreve texto emocionado sobre a morte da cadela, Juanita

Ao longo do tempo as pessoas conheciam-me pela Juanita, a boxer branca que andava comigo, que fazia parte de mim da minha família e que amava quase como se fosse uma filha.

“Conhecemos a Juanita na Madeira, era uma boxer pequenina com orelhas grandes e andava aos saltos parecia um coelho branco...sabíamos que ela era surda e tivemos dúvidas em trazer um cão surdo para casa, mas a surdez é que a tornava tão especial, era ainda tão pequenina que veio ao nosso colo no avião para Lisboa! Depois de entrar em nossa casa tornou os nossos dias mais felizes, a Juanita virou parte de mim, andava colada a mim, andava comigo para todo o lado, para a praia e para os eventos, para as minhas viagens foi a Nova Iorque e a Porto Rico, assistiu ao Casamento da minha filha, conheceu os meus netos, foi aos Baptizados dos mesmos, a minha querida Juanita... era um membro da família! As minhas filhas foram saindo de casa e ela ia ficando a fazer-me companhia. Ao longo do tempo as pessoas conheciam-me pela Juanita, a boxer branca que andava comigo, que fazia parte de mim da minha família e que amava quase como se fosse uma filha.
Desde há uns meses para cá a Juanita desenvolveu um tumor que eu acreditei que pudesse curar, juntamente com o Veterinário fizemos de tudo para a tentar curar. Desde o dia em que a conhecemos na Madeira até ontem a Juanita fez parte da nossa família durante 11 anos. Ontem a Juanita acabou por partir deixando-nos com uma grande dor no coração.
Neste momento estamos a passar uma fase difícil e agradecemos que respeitem o nosso espaço. A Juanita nunca vai ser esquecida por nós.”
Foi este texto que Cinha Jardim escreveu no Facebook após a morte da cadela da família, Juanita.
A filha mais velha de Cinha, Pimpinha Jardim, também partilhou a triste notícia com os fãs. “Desde que a Juanita entrou em nossa casa passaram 11 anos...fazia parte da família, o tempo passa a correr. Vamos ter muitas saudades! A Juanita nunca vai ser esquecida por nós!”

Cinha Jardim

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras