Nas Bancas

Marta, Mariana e Carlos Cruz

Marta, Mariana e Carlos Cruz

D.R.

2014.12.16

Marta Cruz visita o pai, Carlos Cruz, na prisão

"Hoje foi dia de visita ao meu Pai... Foi aquela visita a que chamam "visita de Natal"! 60 minutos sentados numa pequena mesa quadrada."

"Hoje foi dia de visita ao meu Pai... Foi aquela visita a que chamam "visita de Natal"! 60 minutos sentados numa pequena mesa quadrada (com mais 10 min extra graças à sensibilidade de alguns guardas). Eu levei o bolo rei, a Mariana fez umas bolachas deliciosas de canela com gengibre, o Pai levou chocolates, gelados numa espécie de caixa de plástico, Sumol e gelatina... Tudo a pensar nas princesas dele: eu, Mariana, Yasmin e Kyara! Foram 60 minutos saborosos, não apenas pela comida, mas por antecipadamente podermos desejar (dentro destas condições) Feliz Natal ao Homem que mais amamos. A poucos minutos do fim, resolvi lançar a questão que mais me afligia de há uns dias para cá e que tanta gente quer saber: Pai conseguiste a licença para vires a casa passar o Natal? (Isto falando em Inglês com ele para que a Mariana não percebesse). Resposta: "No, I didn't..." Alguns segundos eternos de silêncio e os olhos muito abertos da Mariana. Perguntei "porquê?!" Resposta: "Não confessei o crime!". Engoli em seco e respirei fundo, os olhos da Mariana encheram-se de lágrimas. Porra (perdoem-me a má palavra), afinal a miúda já entende algumas coisas em inglês. Preciso aprender Russo, disse eu, para descontrair!!! Saí de cara no chão mas com sorriso no rosto... Sentimentos ambíguos!!! Cheguei a casa e procurei as leis. Descobri que no pedido de precária (ida a casa por alguns (poucos) dias) não há nada que diga que é obrigatório confessar o crime, aliás, quantas precárias não são dadas sem ter isso em conta (sim, tenho alguns conhecimentos sobre isso). Enfim... A luta continua... O Natal... Esse já passou, foi há umas horas atrás! Desculpem-me o atraso: Boas Festas!!!"
Marta Cruz

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras